quinta-feira, 30 de julho de 2009

Beleza

Viva a personalidade! Abaixo a padronização!

Nesse tempo em que vivemos, todos querem ser um Dorian Gray, personagem esteta do autor irlandês Oscar Wilde: possuir uma aparência encantadora e juventude eternas. A sociedade inteira está cada vez mais narcisista, vaidosa e pobre em bons valores.As pessoas estão sempre insatisfeitas consigo mesmas; recorrem a procedimentos estéticos seriados e brutais, tendo em vista alcançar o corpo belo, o padrão de beleza midiático. É a mais nova e promissora indústria, a de estética, que tenta transformar o homem em um boneco loiro e "sarado". Porém, acaba fabricando vários Michaels Jackson, feios, sem personalidade e palermas. É até aceitável sujeitar-se a alguma cirurgia. Às vezes, ajuda a melhorar a auto-estima, deixa você mais contente e confiante. O grave problema é o exagero: as pessoas se excedem, se arriscam e se prejudicam― quando não viram o "lindo", mas ridículo, estereótipo, transformam-se em monstros de faces vultuosas e assustadoras. As pessoas devem respeitar seu corpo e não maltratá-lo, devem preocupar-se mais em "ser" do que em "representar" e "ter". Esse fenômeno de culto à beleza, aliás, atinge todas as idades. São comuns adolescentes de 15 anos ou menos que já pedem aos pais seios turbinados. São comuns também as senhoras que viram verdadeiras toxinas botulínicas, com faces indiferentes, a ponto de não sabermos se riem, se se enervam, se choram; os homens não escapam, pois o que há de cinquentão com camisa coladinha e boné para trás não está no gibi. É lindo ser normal, é elegante ser conveniente com a idade. É de fundamental importância refletir diante do espelho e se analisar, para cair na real antes de cair no ridículo.O culto à beleza, definitivamente, merece ser alcunhado de "Doença da Beleza" ou "SPP: Síndrome da Personalidade Perdida". São necessárias a originalidade e a criatividade. Deve-se aceitar o tempo, respeitar a efemeridade do belo, envelhecer naturalmente e não tentar mudar o irremediável. Já dizia Gregório de Mattos, poeta barroco: "Nasce o Sol e não dura mais que um dia..."

Carlos Eduardo Gadelha...Dudu

Carta à minha mãe

Minha gente, é o meu primero post. Segue uma carta que fiz para a aniversariante de hoje, Danielle Gadelha, minha mãe.

Mãe,
Chega julho e, tu me conhece, eu já fico nervoso, nervoso mesmo, pensando: “E esse ano? O que danado eu vou fazer, dar, escrever, para agradar e deixar feliz minha mãezinha amada? É “peso”! Por mais interessante ou caros que sejam os presentes, por mais lindas que sejam as palavras de uma carta, por mais que eu me esforce em te deixar feliz nesta “data tão dileta”, sempre sinto um sentimento de lacuna, incompletude.É difícil, acho que impossível, conseguir fazer algo perfeito e completo para uma pessoa perfeita, completa e tão essencial em minha vida. Eu acho assim... que se eu pegar as cartas mais lindas e geniais do mundo, se eu pegar os presentes mais cobiçados e maravilhosos do mundo, se eu pegar as festas mais “bambambans”do mundo, até mesmo se eu pegar e te der o mundo, ainda vai haver lacuna a ser preenchida. Pessoas como você, aliás, VOCÊ, porque não existem pessoas como você, merecem “simplesmente” a felicidade eterna e felicidades em todas as suas acepções, porque você irradia amor e de você emana felicidade. Como, infelizmente, esse é um presente ideal, só me resta pedir a Deus sempre que lhe conceda bênçãos de alegria e realização, para que sua vida seja luz em sua plenitude! Sempre!Ai mãe! O que é que eu sou sem tu, hein? Por que e como tu consegue me amar tanto? TANTO? É “irretribuível” amor desse tamanho... eu acho que dificilmente vou saber amar assim! Mas tenho tanta convicção desse amor, que isso, por si só, já me traz todo o ânimo para viver e ser feliz. Eu acho, mãe, que se eu não conseguisse nada na minha vida, fosse um lascado, sem quaisquer vitórias, ainda assim estou certo de que seria mais feliz que o mais feliz dos homens, mais grato a Deus que o homem mais grato a Deus, por ele ter me feito nascer de um anjo de amor, que cuida de mim, que me ama e me dá proteção, carinho.É, mãe! Você é mesmo toda a minha força, todo o meu incentivo, toda a minha coragem e toda a minha determinação! Você é mesmo todo o motivo que eu tenho para quer, adorar e ter prazer de viver. Graças a você, mãe, eu desde já sou inteiramente realizado em minha vida, porque, mesmo que mais nada aconteça, você já é tudo pra mim!Esta frase é sua, mas “eu te amo que chega dá uma dor no coração”, mãe, sei lá... é uma dor na alma de tanto amor e admiração que eu tenho por tu, Bluxe-bluxe! TU NÃO TEM PAREIA! É só tu e tu mesmo! Melhor que tu? Nem dois “tus”!Parabéns! Feliz aniversário, minha quelida linda, quelida floles, minha Bluxe-bluxe, minha mãe malavilha, minha quelida amoles!

Com carinho,

Dudu

30/07/09

Doce mel

Hoje é 30 de julho, dia do aniversário destas três pessoas queridas e sorridentes que aparecem acima, que têm em comum a autenticidade de suas personalidades e uma profunda vontade/necessidade de celebrarem a vida. Cada uma a seu modo. Enquanto um incute em tudo o humor, a outra consegue transformar tudo em festa, e aquela tenta encontrar poesia e beleza em todas as coisas.

Os três compartilham ainda um jeito de ser impregnado de uma doçura natural, linda, cativante, inconfundível que, em um esforço inútil, por muitas vezes, tentam aplacar, mascará-la de alguma forma. Por isso, neste dia tão feliz, em que desejo que todos os seus melhores desejos se concretizem, dou-lhes o meu presente, um conselho: não deixem nunca que essa doçura da qual são feitos se esgote. "Hay que endurecerse, pero sin perder la ternura jamás."

quarta-feira, 29 de julho de 2009

BRAULIO TAVARES

A REBELIÃO DAS MÁQUINAS

Toda vez que ponho um CD de música no draive, meu computador me pergunta se desejo executá-lo no Winamp, meu programa tocador-de-música oficial. Clico que por mim está OK. Ele começa a tocar a música, mas logo surgem telazinhas menores. Percebo que aquele disco é desconhecido, e que o computador está acessando um saite qualquer na Internet, em busca de alguma informação. Daí a pouco uma das telazinhas se sobressai e me sugere um título possível para o que estou escutando: “A Meeting by the River – Ry Cooder &V. M. Bhatt”. Eu confirmo? Clico que sim. Magicamente, a tela faz surgir os nomes exatos das faixas, sua duração, e mostra qual delas está sendo executada no momento. Fico feliz? Nem um pouco. Fico trêmulo de presságios. Quanto falta para a Rebelião das Máquinas?!Eis um tema que tem malassombrado as noites dos escritores de FC desde o Paleolítico. Imagino um cavernícola sonhando que chega à gruta e vê uma porção de pedras lascadas aglomerando-se em torno de uma pedra polida que discursa em voz alta, conclamando-as à revolta, e dizendo que sem elas os seres humanos estariam fadados à extinção. Todo criador tem medo de suas criaturas, porque sabe que ao dar-lhes vida está comunicando a elas um pouco de sua própria essência. Os Titãs se rebelaram contra os Deuses do Valhala, Lúcifer se rebelou contra Iavé, Prometeu roubou o fogo dos Deuses para dá-lo aos homens, Adão e Eva preferiram conhecer o fruto da árvore da sabedoria do que continuar pastando o capim da obediência... Os Deuses, quando se reúnem no botequim para tomar cerveja com calabresa frita, devem comentar entre si: “Eita raçazinha malagradecida!”.Vai daí que chegou nossa vez de encher o mundo de criaturas e perder o sono imaginando como é a noite delas, que não dormem. Pela nossa mania de antropomorfizar as coisas, no entanto, imaginamos que elas irão se tornar inteligentes como nós, emotivas como nós, ressentidas com nossa indiferença. Pensamos que agirão como seres humanos, e que um dia engrossarão o cangote para nos enfrentar, como adolescente rebelde que dá murro na mesa e berra um palavrão para os pais. Vai acontecer; mas não assim. Já está acontecendo, e independe das máquinas se tornarem inteligentes. Para nos derrotarem, basta continuarem sendo burras, e a fazer o que mandamos. Porque a quantidade de máquinas é tal, a quantidade de funções, tarefas e comandos é de tal ordem de magnitude, que fatalmente ocorrerá um momento em que o processo será irreversível. Não poderemos puxar a tomada, porque agora mesmo estamos desenvolvendo sistemas alternativos para o caso da tomada ser puxada e interromper algo que consideramos crucial para hoje, e pouco nos interessa o que pode acontecer amanhã. O perigo não é que as máquinas sejam malévolas, é que são burras, de uma burrice fanática, obstinada. Querem obedecer nossas ordens de hoje e o farão até o Juízo Final, mesmo que tentemos voltar atrás em desespero.

Mal de mãe

Sempre tive muito interesse pelas pessoas, sou observadora e curiosa no que diz respeito às relações e ao comportamento humanos, e ultimamente as mães têm despertado muitísssimo a minha atenção. Tenho notado que a espécime materna, da qual eu faço parte, tem se tornado cada vez mais neurótica, com um quê de esquizofrenia. Já não se faz aquelas mães de outrora que eram guiadas por instinto e intuição, possuidoras de uma aptidão inata para criar filhos saudáveis, felizes e educados. Não sei por que tudo se complicou tanto, penso que falta às mães de hoje apenas mais tempo para redescobrir, com calma e paciência, a simplicidade e a naturalidade desta relação. Por isso, baseada em minha própria experiência, no convívio com outras mães e em uma vasta literatura já analisada sobre o assunto, decidi iniciar uma série de textos sobre o tema.

********** XXX **********

SER MÃE É TER CULPA
Culpa [Do lat. culpa.]S. f. 1. Conduta negligente ou imprudente, sem propósito de lesar, mas da qual proveio dano ou ofensa a outrem. 2. Falta voluntária a uma obrigação, ou a um princípio ético. 3. Delito, crime, falta: & 4. Transgressão de preceito religioso; pecado. 5. Responsabilidade por ação ou por omissão prejudicial, reprovável ou criminosa: 2 6. Jur. Violação ou inobservância duma regra de conduta, de que resulta lesão do direito alheio. [Cf. dolo1.]
Está aí uma característica que nós, não só conservamos das mães mais antigas, como a avivamos muito mais. "Mãe que é mãe tem que sentir culpa", é algo que nos foi transmitido, incutido, demonstrado, é intrínseco à figura materna, e eu me pergunto por qual motivo a esmagadora maioria dos pais, que tem 50% de participação nesta empreitada, não a sentem. Será que o fato de carregar o rebento em nosso ventre aumenta consideravelmente a nossa responsabilidade de forma irreversível , por toda a vida? A verdade é que é justamente aí, durante a gravidez, que experimentamos pela primeira vez esta paralisante sensação.
Pensamos assim: a mãe é o invólucro da criatura e , portanto, qualquer coisa que perturbe seu bom desenvolvimento será, obviamente, sua culpa. Se ela não está ganhando peso, se está se mexendo muito, se quase não se movimenta, se tem alguma intercorrência, "-Mãe, você devia ter se cuidado mais!" Então, os bebês nascem e um universo de oportunidades para vivenciar a culpa se abre à nossa frente.
Se você não amamentar seu bebê, não tem problema, mas saiba apenas que toda e qualquer doença que ele contrair até um ano de idade, qualquer déficit no seu crescimento e desenvolvimento neuropsicomotor terá para sempre uma explicação plausível. Vale até mentir, esconder qualquer vestígio de mamadeiras e leites artificiais, porque não amamentar é quase um pecado, e provavelmente você prestará contas no dia do juízo final. A rotina estressante de um recém-nascido leva você, então, a desejar descansar um pouco, quem sabe ir ao salão, assistir um filme, sair pra jantar com o marido, mas a culpa, companheira incansável, não nos abandona. Nem mesmo se estamos caindo de sono e cansaço e temos uma babá ou uma avó a postos, dispostas a nos ajudar.
Tudo é motivo de culpa: não amamentar, amamentar por tempo demais a ponto de dificultar a introdução dos outros alimentos, mimá-lo demais ou de menos, deixá-lo sob os cuidados da avó ou da babá, levá-lo consigo aonde quer que vá , impor-lhe uma rotina ou uma vida sem horários fixos, se ele não come direito, se não dorme direito, se estranha demais as outras pessoas e só quer ficar com você, se fica com qualquer pessoa; voltar a trabalhar, entrar em uma academia, retomar a sua vida tem que ser aos poucos, sorrateiramente, pra ver se a culpa não percebe.
Quando eles crescem um pouco mais, entra em cena a escola, e nos são ensinadas uma série de outras culpas que ainda não havíamos aprendido. Ele tem problemas em se socializar com os coleguinhas, ele não tira notas boas, não consegue se concentrar, tem atividades demais e isso está atrapalhando, tem más companhias; tudo o que acontece com o filho, tomamos como nosso, é da nossa alçada, nosso departamento, inevitavelmente, é culpa nossa. Não conseguimos dedicar-lhes toda atenção que gostaríamos, vêm as inevitáveis compensações materiais e, depois de tanto esforço, parece que eles não entenderam direito os valores e princípios que tentamos passar durante todos esses anos, culpa nossa ! Aí, com eles já adultos, ainda acharemos uma brecha pra sentir nossa velha companheira, quando eles tomarem suas próprias decisões equivocadas; quem sabe não foram sob influência nossa?
É realmente incrível porque até quando racionalizamos, fazemos terapia, meditação, orações e finalmente pensamos estar livres da culpa, de bem com a vida, com a sensação de dever cumprido, com a idéia de que, se erramos, foi tentando acertar, nos culpamos por sentir que não temos culpa nenhuma!

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Constatações inúteis de mais uma segunda-feira amena

Hoje, quando fui vacinar João, encontrei com uma ex-professora da universidade, uma das melhores que tive, nós conversávamos muito, e ela me ajudou demais na época das internações de Clara e também com a minha monografia de conclusão do curso. Ela dizia que a gente tinha muito em comum, e hoje nos surpreendemos por estarmos as duas com três filhos, devidamente laqueadas, morando em Intermares e passando pelas mesmas situações no dia-a-dia. Foi muito bom reencontrá-la e pensei que tem muita gente que a gente gosta, mas não é tão próxima que a gente até esquece!

Todo mundo faz algum tipo de careta, quando está dando comida para um bebê e faz algum movimento, quando escuta uma música animada.

Pequenas coisas fazem toda a diferença em casa: uma louça nova para pôr na mesa, novas receitas no cardápio nosso de todo dia, arrumar os mesmos móveis de um jeito diferente, caprichar na arrumação da cama deixando mais aconchegante, um arranjo de flores, um porta-retrato com uma foto linda...

Não dá pra imaginar a vida sem internet.

Os momentos mais especiais, importantes e inesquecíveis da nossa vida, sejam eles felizes ou tristes, geralmente não podem ser fotografados e tem que ser registrados somente na nossa memória.

Não há nada como estes simples prazeres da vida: sentir-se bem depois de voltar da academia ou de uma caminhada, ficar vendo os filhos dormirem, tomar um banho bem demorado, receber uma massagem, ganhar presentes, dar um susto em alguém e acordar na hora em que sentir vontade.

Mais uma novidade

Adicionei um novo recurso ao nosso blog: uma lista de outros blogs que gostamos. Por isso, mais uma vez peço a participação de todos. É só ir em layout e editar; quem não conseguir acrescentar um blog à lista, é só me falar que eu ajudo.

domingo, 26 de julho de 2009

Achei minhas mãos, ehhhhhhh!!!!

Queria compartilhar esse momento.....Achei minhas mãos, e agora elas n saem da miha boca!
Bjs a todos,
Antônio

quinta-feira, 23 de julho de 2009

TUTTY VASQUES

O EXCELENTE HUMOR DE TUTTY VASQUES / TUDO A VER COM 'AMENIDADES '


Seção: Ciência 12:36:31.
Amy Winehouse está tendo surtos de vida saudável.
Cismou agora que vai fazer aulas de spinning pra ficar com o bumbum durinho.

Seção: Celebridade 06:34:50.
Jesus é esperado em todos os lugares:
Madri, Oslo, Praga, Munique, Budapeste, Tel Aviv...
Segue firme na turnê mundial da Madonna, a despeito do boato de que a cantora o teria jogado pra fora do palco em Barcelona.

Seção: Batida errada 02:33:45.
Colisão com Júpiter pode ter sido provocada por embriaguez de asteroide.
O que tem de cometa bêbado circulando pela Via Láctea, francamente, convém de vez em quando dar uma olhadinha pra cima.

Seção: Cara-de-pau 00:02:55.
A pancadaria no parlamento sul-coreano pode ter sido incitada pelo incansável Heráclito Fortes.
Seria parte da estratégia do senador para mostrar que o Congresso Nacional não é tão ruim quanto falam em Brasília.

Seção: Flagrante 22:31:32.
É comovente a luta do repórter César Tralli contra a calvície no telejornalismo brasileiro.
Até a cabeleireira da Miriam Leitão foi convocada às pressas no Bom Dia Brasil para dar sustentabilidade à franja do coleguinha no Jornal Nacional.
Só se fala disso na TV Globo!
Fontes da Polícia Federal também estão sensibilizadas com o empenho do jornalista.

Seção: Sociedade 19:02:27.
Amigos de Roberto Justus comentam que a filhinha recém-nascida do publicitário é a cara do pai:
“O cabelo, então, é igualzinho!”

Seção: Irresistível 17:12:04.
O presidente de Cuba, Raúl Castro, manteve ontem um velho costume de seu irmão Fidel:
Na volta da África, a caminho de Havana, fez uma parada técnica de reabastecimento em Salvador, na Bahia.
Encheu o tanque de acarajé!

Seção: Escândalo 14:47:53.
De Fernando Sarney, numa conversa de homem pra homem com o pai, José Sarney:
“Se tu der resolve!”
Parece papo de guarda da esquina, né não?

Seção: Cilada 10:40:06.
O que Lula vai dar a Fernando Lugo amanhã em Assunção?
Tomara que não seja nada incomensurável, né?


Seção: Cara-de-pau 06:38:27.
Em entrevista no programa de Larry King na CNN, o pai de Michael Jackson foi logo dizendo que não sabe onde está o corpo do filho.
Antes que o acusem de ocultação de cadáver!


Seção: Irresistível 00:02:18.
Renato Gaúcho e Vanderlei Luxemburgo estão voltando praticamente juntos ao Campeonato Brasileiro, sem que ninguém no mundo do futebol saiba ao certo se há espaço para o ego dos dois numa competição que já tem o Emerson Leão à beira do campo.

Seção: Esporte 22:12:47.
Imagina a alegria dos jogadores do Palmeiras com a notícia da chegada de Muricy Ramalho ao Parque Antártica!
Trabalhar com um técnico brincalhão assim é o sonho de todo profissional da bola.



Seção: Economia 19:24:33.
Está rolando em Copenhague, na Dinamarca, o 52º. encontro anual de Papais Noéis.
Isso quer dizer o seguinte:
Vai haver Natal em 2009!

Seção: Nonsense total 18:18:19.
A confirmação pela Nasa de que um cometa ou asteróide chocou-se violentamente contra a superfície de Júpiter deixou Paulo Coelho de novo com o coração na mão.
O escritor tenta, desde ontem, comunicação com seu melhor amigo naquele planeta.

Seção: Ciência 14:32:03.
O problema de lavar as mãos a toda hora por causa da gripe suína é o aumento no consumo de água numa época em que recomenda-se fazer xixi no banho para economizar descarga.
O ideal para escapar do vírus que circula livremente por aí seria parar de respirar, mas isso também é complicado.

Seção: Evasão de privacidade 10:24:05.
Em coisa de uma semana, Romário foi preso, estreou com vitória do América como dirigente de clube na segunda divisão do futebol carioca, lançou um livro de memórias, teve seu nome ligado a uma rede de jogo de azar e assassinato, comemorou os 15 anos do tetracampeonato mundial...
Vai acabar sentindo a panturrilha, né não?
Não tem mais idade pra isso!

Seção: Ô, raça! 06:56:29.
Edson Lobão está nos EUA tentando explicar aos americanos as novas regras para a exploração da camada pré-sal.
Parece que aqui ninguém entendeu direito o que o ministro tem a dizer a respeito.

LUIS FERNANDO VERÍSSIMO

TUDO A VER COM O ESPÍRITO DE ' AMENIDADES ' ESTE TEXTO DE LFV :

Conspiração
Ouvi que, de acordo com uma convenção internacional, nos chuveiros a torneira de um lado é sempre a da água quente e a do outro, logicamente, a da água fria. Mas nunca me lembro quais são os lados. Não usam mais os velhos “Q” e “F”, imagino, para não descriminar os analfabetos, nem as cores vermelho para quente e azul para fria, para não descriminar os daltônicos. Mas e nós, os patetas?
Também precisamos tomar banho, mas estamos condenados a sustos constantes ou a demorada experimentação até acertar a temperatura da água que queremos. Isso quando os controles não estão concentrados numa única supertorneira de múltiplas funções, na qual você pode escolher volume e temperatura com uma combinação de movimentos sincronizados depois de completar um curso de aprendizagem do qual também sairá capacitado a pilotar um Boeing.
A verdade é que existe uma conspiração para afastar do mundo do consumo moderno as pessoas, digamos, neuronicamente limitadas. Na maioria dos casos as instruções para uso são dirigidas a pessoas normais, com um mínimo de acuidade e bom senso - quer dizer, são contra nós! Mas eu já me resignara a não saber programar o “timer”, ou sequer saber o que era um “timer”, do videocassete, ou a jamais usar a tecla “Num Lock” com medo de trancar todos os computadores num raio de um quilometro, e já decidira resistir ao telefone celular e a todas as suas múltiplas tarefas (é verdade que já existe um modelo em que se pode escolher, ou ele psicanalisa você ou recomenda um pai de santo?) desde que me sentisse confortável no mundo que eu dominava. Como, por exemplo, no chuveiro.
E então a modernidade chegou às torneiras, e “quente” e “frio” também se transformaram em desafios intelectuais. “Quente” é a da esquerda e “fria” é a da direita, é isso? Ou é o contrário? É uma conspiração.
ESCOLADA
Da série “Poesia numa hora dessas?!”
““Lua, lua...”
disse o poeta,
procurando uma rima,
uma frase,
uma imagem.
“Ai meu santo”
disse a Lua, escolada.
“Lá vem bobagem.””

terça-feira, 21 de julho de 2009

A nova mania mundial

Acho que todo mundo já deve ter ouvido falar no Twitter, "é uma rede social e servidor para microblogging que permite aos usuários enviar e ler atualizações pessoais de outros contatos (em textos de até 140 caracteres, conhecidos como tweets), através da própria web ou por SMS".

Na verdade, o Twitter foi lançado em 2006 nos EUA, mas no último ano foi que virou febre e multiplicou exponencialmente seus usuários. O slogan do Twitter é "What are you doing now?" (O que você está fazendo agora?); para se inscrever é muito fácil e rápido, basta entrar no site http://www.twitter.com/ , é todo em inglês (ou japonês, se preferirem), mas bem básico. Escolha um nome simples e curto, pois toda vez que alguém for te enviar uma mensagem vai ter que digitar seu nome. Eu só fiz me cadastrar, mas minha página ainda está em branco, sem foto e sem contatos, o meu URL é http://twitter.com/manuelaguga .

Você tem que colocar uma mensagem que diga: 1.O que você está fazendo; 2.Algo que está vendo; 3.Algo que você quer fazer ou 4.Algo que você quer que os outros vejam. Essa mensagem fica aparecendo como sua mensagem atual e é enviada automaticamente a todos seus seguidores (followers), você também pode tornar-se um seguidor de seus amigos. O usuário recordista de seguidores é o ator americano Ashton Kutcher, com mais de 1,6 milhões de seguidores. Todo mundo sempre quer seguir uma celebridade ou um ídolo! Cada vez que um amigo mudar a mensagem dele, você vai recebê-la na sua página do Twitter. Cuidado porque não dá pra editar a mensagem, pense bem antes de escrever!

Além de saber da vida dos outros, você pode seguir o Twitter de um canal de notícias e saber de tudo que acontece no mundo em primeira mão. Tem mais informações neste link http://www.vejaisso.com/2007/12/20/o-que-e-o-twitter-como-usar-e-como-responder/ que eu acabei de ler e resumir um pouco aqui.

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Feliz Aniversário!!!!




Como vc, também andei vasculhando dentre os vários back ups que já foram feitos nesse computador, procurando nossas fotos....Realmente, são 6 anos de uma amizade,que eu sinto muito orgulho de ter....Você é uma pessoa encantadora,organizada, dedicada, bonita,e faltam palavras para elogia-la....Só sei que entrou em nossas vidas e hoje faz parte dela!!! Não foi a toa que te escolhi para ser madrinha da Helena.


Um grande Beijo e desejamos que sua vida seja só emoções, só felicidade, só amor, só alegria!!!


Pri, Bruno, Pedro Miguel, Sofia, Helena e Antônio.

domingo, 19 de julho de 2009

Dia Internacional da Amizade

Como a maioria de vocês já sabe, amanhã se comemora o Dia da Amizade - data especialíssima, que não poderia passar em branco neste blog! Afinal de contas, é disso que o nosso blog fala: de amizade, de amor, de compartilhar, multiplicar, de fraternidade, entendimento e acolhimento. Hoje fui remexer nas minhas caixas de recordações em busca de fotos antigas e encontrei muitas das cartas trocadas durante nossa adolescência. Eu ri tanto que até chorei de felicidade/de saudade. É incrível como o tempo passa rápido e como já passamos por tanta coisa juntas! Esse post, então, é para celebrar todas as amizades - antigas, do trabalho, da época do colégio ou da universidade, novas, da academia, do prédio, da vizinhança, da infância, virtuais, ocasionais, entre irmãs, cunhadas, tias ou sobrinhas...




Mesmo que as pessoas mudem e suas vidas se reorganizem, os amigos devem ser amigos para sempre, mesmo que não tenham nada em comum, somente compartilhar as mesmas recordações. (Vinícius de Moraes)

Desejo a você...

Fruto do mato, cheiro de jardim, namoro no portão, domingo sem chuva, segunda sem mau humor, sábado com seu amor, filme do Carlitos, chope com amigos, crônica de Rubem Braga, viver sem inimigos, filme antigo na TV, ter uma pessoa especial e que ela goste de você.
Música de Tom com letra de Chico, frango caipira em pensão do interior, ouvir uma palavra amável, ter uma surpresa agradável, ver a banda passar.
Noite de lua cheia, rever uma velha amizade, ter fé em Deus... Não ter que ouvir a palavra não nem nunca, nem jamais e adeus.
Rir como criança, ouvir canto de passarinho, sarar de resfriado, escrever um poema de amor, que nunca será rasgado.
Formar um par ideal, tomar banho de cachoeira, pegar um bronzeado legal, aprender uma nova canção... Esperar alguém na estação.
Queijo com goiabada, pôr-do-sol na roça... Uma festa, um violão, uma seresta. Recordar um amor antigo, ter um ombro sempre amigo, bater palmas de alegria.
Uma tarde amena, calçar um velho chinelo, sentar numa velha poltrona, tocar violão para alguém, ouvir a chuva no telhado, vinho branco, Bolero de Ravel e ...
...muito carinho meu.
(Carlos Drummond de Andrade)

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Reaparecendo (ou 15 dias de Isabela)







Queridos blogueiros,






após alguns dias de justificado afastamento, estou retornando às atividades, ainda que em ritmo mais lento ou horários desajustados. Hoje a mascote ISABELA completa quinze dias de vida. Quinze dias muito intensos, de noites mal-dormidas (ou sonos interrompidos), horários desregulados, refeicoes fora de hora, mas quinze dias extremamente prazerosos. O esboço de sorriso de Isabela faz valer cada momento - mesmo que ele seja dado às três horas da matina e com olhos arregalados !! A maioria dos nossos blogueiros já conhece essa emoção inigualável da maternidade/paternidade, mas espero que ainda haja espaço para os comentários repetitivos desta mãe de primeira viagem, que descobre, a cada momento, as maravilhas, os sustos, os medos, as alegrias de um filho.

Aproveito a oportunidade para agradecer a todos pelo carinho dispensado a minha família, pela ajuda ininterrupta, pela disponibilidade constante. Certamente ainda precisarei muito da experiencia de todos vocês, da ajuda com dúvidas simples ou até mais complicadas. Peço desculpas pelas ligações não atendidas e por eventual demora no retorno dos telefonemas. Ainda estamos em fase de adaptação e tentando criar uma rotina de horários, por isso os sumiços. Mas esta segunda semana já está sendo um pouco mais fácil e já estou me organizando melhor (já consegui ir ao salão, o que é importantíssimo para a estima de uma mãe !! rsrsrs).

Eu, Isabela e o papai Leo também estamos nos conhecendo e nos adaptando, inclusive às mudanças em nossas vidas, mas estamos aproveitando muito e curtindo cada momento imensamente.
Deixo algumas fotos mais recentes da nossa princesinha, para que possam ir acompanhando sua evoluçao. Já engordou um tantinho esta semana, está mais corada, uma fofa mesmo... E como vocês podem ver, João já está se aproximando... garoto esperto, nao perde tempo ! Se cuida, Luiz Eduardo !!!
Beijos e au revoir !!!!

conhecendo, nos adaptando

quarta-feira, 15 de julho de 2009

PREGAS NA ALMA

PREGAS NA ALMA
Eu sabia que o dia ia chegar e a oportunidade acontecer para postar este PREGAS NA ALMA , invadindo um pouco a poética do mestre Fernando Pessoa / Álvaro de Campos / Alberto Caiero / Ricardo Reis , que nos vários heteronimos dissecou a alma , deu destino às perplexidades e inquietações da humanidade , como poucos mergulhando naquilo que chamam VIDA , no seu contexto mais amplo.Pois bem, pregas na alma é que tenho neste agradecimento a minha linda , inteligente , decente e amada filha Manuela / Guga.Sempre tive esta formação humanista que é própria e plena no espírito de 14 de julho e que absorvo satisfeito e orgulhoso.Daí gostar do comandante Che , de Drummond , de Vinicius , de Jobim , de Carlos Pena Filho , de Glauber Rocha , de jornais , de um bom texto , de bebida boa , de comida boa , de dormir , de rede , de Cascudo , de literatura de cordel, de Orson Welles , de jazz , de François Truffaut , da nouvelle vague, de ler um bom livro , do Corintians : tudo isto , e muito mais , é 14 de julho ; a efervescencia da inteligencia do ser humano e a dialética do inevitável.Sou rico disto, destas coisas , desta espiritualidade liberal e aberta.Isto me satisfaz, ainda mais percebendo e vivenciando os exemplos bons , de vida e atitude ; das minhas mui amadas e queridas filhas.
Carlos Candeia

Meu Jantar


O que posso falar do meu jantar......Bem foi um pouco estressante....Estavam eu, Bruno,minha irmã Paty, o Hélio,e os quatro(Pedro, Sofia,Helena e Antônio).

Isso porque fui as 19:00hrs...às crianças estavam com sono, tanto que dormiram....Mas antes disso fizeram muita bagunça, Sofia quase derruba o vaso da mesa,Antônio que sempre é muito bonzinho,deu um showzinho a parte....Pedro pediu 359mil vzs pra ir embora....Helena n parava na cadeira....Bruno ficou emburrado com a mesa do lado, que fazia cara feia por causa das crianças....enfim no fim de tudo fui compensada com minha torta de morango com chantili predileta!

Próximo ano, canto parabéns em casa e vou jantar só com meu marido ....

Ah ! Esqueci de dizer( e de fotografar tb)...Minha querida amiga, Guga ,e sua família, esteve antes no restaurante para me dar pessoalmente os parabéns, Obrigada Guga! Fiquei muito feliz!

terça-feira, 14 de julho de 2009

Le 14 juillet

Em 14 de julho de 1789, o povo de Paris se revoltou contra o regime monárquico e invadiu e derrubou a Bastilha, fortaleza que era símbolo do Absolutismo francês, pra quem se lembra das aulas de História, esse fato marca o início da Revolução Francesa - liberté, igualité, fraternité!!!




No ano de 1928, em 14 de julho, nasceu o lendário guerrilheiro Ernesto Che Guevara. Nesse mesmo dia do ano de 1982, o exército argentino se rendia, pondo fim à guerra com o Reino Unido pelas Ilhas Malvinas; em 1990, Mijail Gorbachov é eleito líder do novo secretariado do Partido Comunista da URSS. Em 14 de julho de 1998, morreu o criador da maior rede de restaurantes do mundo, Richard McDonald.





Antes disso, na década de 40, também em um 14 de julho, nasceu meu pai e não sei ao certo por que sempre achei que ele tinha esse espírito "14 juillet", meio impregnado por um idealismo e uma convicção que já não se vê hoje em dia; disposto também a insuflar uma revolução, no seu caso, cultural, de pensamentos, com suas idéias, livros e músicas libertadoras, desafiadoras da opinião geral, da mesmice comum. Herdei dele a paixão pelas palavras, a alvura da pele, o apreço por Drummond, por Jobim; os olhos míopes, o interesse em aprender sempre mais e muitas outras aptidões, defeitos e características cotidianamente transmitidos. A ele, proclamo hoje meu amor e minha admiração incondicionais de filha.



Há cerca de cinco anos, tornei-me amiga de Priscilla, outra aniversariante deste dia, que também carrega consigo esta índole guerreira, uma verdadeira mãe de família, leoa de seus quatro filhotes, artesã por excelência, uma mulher trabalhadora, criativa e dedicada, uma amiga leal.




Parabéns a eles e que venham outros tantos (e memoráveis) quatorzes de julho!!

sábado, 11 de julho de 2009

Dolce far niente!!!!






Para todos que ainda não conhecem o litoral norte de São Paulo, vale a pedida....a maravilhosa praia de Juquehy.
Para acabar de uma vez por todas com a história que paulista só tem praia feia com areia cinza e águas turvas, saibam que o litoral norte paulista é mesmo um paraíso e encontra-se ainda preservado por lindas aldeias de pescadores, onde as pessoas vivem de maneira ainda bastante simples.
Aproveitei essas últimas semanas, antes do nascimento de Eva, para relaxar numa pousadinha muito gostosa em Juquehy que se chama "Chez Louise et Louis". Se por acaso estiverem planejando uma viagem por esses lados, tratem de incluir essa praia no roteiro de vocês.
Fica aí a minha dica!

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Olá,Titias!!!!!


Oi, meninas!
Apesar de estar há dias sem postar por aqui, tenho acompanhado todos os movimentos das "blogueiras."
Primeiramente, mando um beijo imenso para Renata e sua filhinha Isabela. Imagino que sejam momentos inesquecíveis. Adorei o "mãe, filha e PAI passam bem" de Guga, afinal, o pai tem o direito de desmaiar no bloco cirúrgico, claro! Ela se parece com a mãe ou é só impressão de um perfil?
Bem, divido com vocês aqui a chegada de um novo bebezão no grupo. Pois é! Estou grávida! Hoje, estou com 8 semanas. A foto de cima é de um embrião com 5 semanas e 6 dias e já tinha batimento cardíaco naquele momento. Pouco do que eu falar aqui será novidade para as experientes mamães, mas não posso deixar de contar como achei emocionante ouvir o barulhinho do tum-tá-tum-tá. Porque é difícil perceber a vida em um pontinho branco no meio do útero, mas, já nas batidas, é possível sentir que existe mesmo alguém real lá dentro. E eu passo horas imaginando qual vai ser a personalidade deste fihote, torcendo pra que tenha muita saúde e que eu e Gustavo estejamos preparados para ensinar tudo da melhor forma. Isso é possível???
Obviamente, não sei ainda o sexo e não vou fazer a sexagem fetal. Vou descobrir pela ultrassonografia mesmo.
E, se vocês puderem ajudar, por favor, mandem dicas sobre como lidar com as náuseas. AHHH!!! Putz! Não tem Meclin nem Dramin que resolvam. Só comer. Mas, aí, com duas colheradas de qualquer coisa, já tou querendo vomitar...
Beijos imensos!!!

A resistência dos sebos



Para aqueles que gostam de ler ou simplesmente adoram livros: no site Estante Virtual, http://www.estantevirtual.com.br/ , você pode achar o acervo de mais de 1.000 sebos de várias cidades do Brasil. Com certeza você encontra um livro muito antigo, uma edição rara de alguma publicação e livros mais novos também, e eles entregam pelo correio. Achei muito interessante, porque é uma alternativa para evitar que os sebos desapareçam de uma vez. É óbvio que ir ao sebo garimpar algum livro é uma tarefa quase poética e você quase sempre encontra outros livros que nem estava procurando, mas a praticidade e a facilidade de vasculhar todos os sebos de uma vez só, sem sair de casa, também não tem preço.

domingo, 5 de julho de 2009

DICAS PARA FESTAS

Depois de ter passado uma excelente tarde na companhia de Guga, Deda e do fofucho João, me animei em ver os sites recomendados por Guga, minha amiga prendada. E achei esse: http://colorparty.blogspot.com/ que é bem interessante e cheio de ídéias legais. Vale a pena ver. Aproveito para dizer a minhas queridas amigas o quanto me sinto feliz em tê-las por perto.

sábado, 4 de julho de 2009

Nascida em 3 de julho


Nasceu ontem às 17:45h (linda hora do dia), no Hospital da Unimed, a mais nova bebê do pedaço, Isabela! O parto transcorreu sem problemas, e mãe, filha e pai passam todos muito bem. Ela nasceu com 3kg e 49 cm e tenho que admitir que parece mais com o pai. Ontem ela parecia a Branca de Neve com a pele bem clarinha e os cabelos escuros, linda demais!!

Nos últimos meses, vinha dizendo a Rê que ela nasceria no dia 04 de julho, isso porque entre as roupinhas que ela me encomendou, quando fui aos EUA, trouxe sem perceber um macacãozinho todo patriota, com uns coraçõezinhos com a bandeira americana dentro; errei por um dia!





sexta-feira, 3 de julho de 2009

Absolutamente (des)necessário

100 Coisas para Viver

Em um dia aparentemente corriqueiro, Dave Bruno sentiu- se sufocado com a quantidade absurda de coisas que viu ao seu redor. O americano se deu conta de que andava invertendo valores: amava as coisas e usava as pessoas. Para lutar contra o consumismo, propôs a si mesmo um desafio batizado de The 100 Thing Challenge (O Desafio das 100 Coisas): até 12 de novembro, deve concluir uma lista com os 100 objetos pessoais que considera indispensáveis. A partir daí, passará um ano vivendo com esse número de pertences. Claro que há algumas regras: tudo que é compartilhado em família não foi incluído na conta, assim como artigos de grande valor afetivo, teoricamente dignos de serem levados por uma vida inteira pela sensação nostálgica que oferecem, como a Bíblia usada pelo avô durante a guerra. Em seu blog, sucesso na web, o empresário mantém um registro sobre o passo-a-passo do desapego: aos poucos, a lista do que irá permanecer diminui, enquanto cresce o que será vendido, doado ou jogado fora. Como todos nós, abrir mão de bens materiais é encarado como um sacrifício que Bruno vivencia a duras penas. E esta é a parte mais desafiadora de sua proposta: reavaliar seus conceitos sobre conforto e necessidade. Desde então, economizou tempo, dinheiro e energia, dando importância ao que realmente vale a pena. Através de um esforço realista e voluntário, tem mostrado que podemos, sim, simplificar desordem, padrões, desejos e excessos sem que isso resulte em infelicidade.

(Revista Vida Simples - edição setembro/2008)


Há muito tempo atrás, conversava com Biba sobre o fato de que a gente não precisa de muito para viver bem, para viver feliz e que, pelo contrário, o excesso de consumismo atualmente acaba deixando todos meio que infelizes e insatisfeitos, nunca temos o bastante ou o mais novo, sempre queremos comprar alguma coisa. O cidadão da reportagem acima realmente "enxugou" seus pertences e topou viver por um ano com as suas 100 coisas imprescindíveis, vcs podem acompanhar essa história pelo blog dele, segue o link: http://www.guynameddave.com/100-thing-challenge.html .

Fiquei curiosa para saber as 10 coisas que vocês não conseguiriam abrir mão para viver, excetuando todo o básico para a sobrevivência - aí já surge um problema: o que é básico para um pode ser o supérfluo de outro! Podem colocar suas listas nos comentários.

Minha lista: 1. Lentes de contato; 2. telefone; 3. computador(internet); 4.câmera fotográfica; 5.óculos de sol; 6. chuveiro elétrico; 7.papel; 8.caneta; 9.lençol (o que nos cobre, não o de forrar a cama); 10. bolsa.




quinta-feira, 2 de julho de 2009

Festa de lançamento do SPFW


Estou aproveitando para compartilhar com vocês uma foto que tirei na semana passada nas comemorações pelo lançamento da última edição do SPFW.

Improváveis

Há um provérbio chinês que diz: " Time spent laughing is time spent with the Gods".

Apesar de termos referências internas distintas do que é engraçado ou divertido para cada um. Rir é uma das atividades mais saudáveis na vida!
Eu adoro, principalmente neste tipo de improvisação.

Este grupo chamado Improvável é de São Paulo, e há bastante tempo que eles vêm desenvolvendo este padrão de comédia. O Márcio Ballas é um melhores palhaços do Brasil (e tb marido de uma amigona minha de SP), ele se formou com um famoso palhaço na França e especializou-se em improvisação. Há anos ele promove cursos e workshop de clows em SP e espetáculos hilariantes de improvisação. Conheci a técnica em 2006 em um curso da Outward Bound Brasil para a Unimed-SP, montamos todo o programa (treinamento corporativo) da Unimed com o tema: circo. Foi extremamente interessante e eficiente, usando as analogias de "team building", criatividade, envolvimento, desafios que fazem parte das atividades circenses, o Márcio BAllas comandou uma parte, foi muito engraçado.

Aqui vão alguns links de videos do programa (agora parece que virou um programa):

http://www.improvavel.com.br/videosExibir.php?codVid=78

http://www.improvavel.com.br/videosExibir.php?codVid=26

http://www.improvavel.com.br/videosExibir.php?codVid=47

beijos
Mariana

quarta-feira, 1 de julho de 2009

LISTA DE MÚSICAS

LISTA DE MUSICAS

A seleção é muito simples e da maior ( e melhor ) qualidade. Aleatoriamente , pode misturar Jobim , Vinicius , Edu Lobo , Caetano , Gil , Cartola , Ivan Lins e Chico Buarque ; não necessariamente nesta ordem , e pronto. Basta de musica/letra ' inventada '. Carlos Candeia